Especialistas em gestão de operações de HEMS: conheça Jean-Jacques Malapelle

Especialistas em gestão de operações de HEMS: conheça Jean-Jacques Malapelle

A Babcock possui 140 bases de serviços médicos de emergência (HEMS) em toda a Europa e Austrália e, embora cada base tenha a sua própria gestão exclusiva de acordo com os requisitos do cliente e diferentes provisões de serviço, existem três aspetos que unem todas as bases da Babcock: foco em operações seguras, dedicação em fornecer os melhores serviços para salvar vidas e uma atitude de melhoria sempre que possível.

Jean-Jacques Malapelle, gestor de base e piloto de helicópteros experiente (com 34 anos de experiência) na nossa base HEMS SAMU 64A em Bayonne, lidera uma equipa de dois pilotos, três tripulantes técnicos (TT´s) e um engenheiro. Do seu escritório, localizado no centro do hospital, Jean-Jacques gere a sua equipa e a coordenação das suas missões, para que a aeronave e a tripulação estejam prontas para descolar em 10 minutos após serem notificadas de que uma emergência precisa de serviços aéreos.

Jean-Jacques e a sua equipa não são os únicos a serem incorporados nas operações do cliente. A Babcock geralmente trabalha ao lado das operações do cliente, na mesma base ou executa a totalidade da operação do HEMS em nome do cliente. As nossas operações de HEMS beneficiam do conhecimento coletivo dos nossos outros serviços de emergência aéreos (combate a incêndios e busca e salvamento) e os funcionários podem entrar em contacto com a organização nos seus diferentes países e áreas de negócios, fornecendo um recurso valioso para os nossos funcionários partilharem competências, debaterem as melhores práticas e analisarem missões anteriores como meio de informação para futuras missões.

Saiba mais sobre o nosso trabalho: